terça-feira, 7 de março de 2017

Mensagem sobre remuneração de servidores do Ceará começa a tramitar na AL

Com a leitura do expediente da sessão plenária desta terça-feira (07/03), começaram a tramitar na Assembleia Legislativa oito mensagens, sendo sete do Executivo e uma do Tribunal de Justiça, uma proposta de emenda constitucional e cinco projetos de autoria parlamentar. 
proposta de emenda constitucional nº 01/17, de autoria do deputado Audic Mota (PMDB), trata da prioridade de tramitação das propostas de Iniciativa Popular, alterando o art. 62 da Constituição Estadual.
Das matérias do Executivo,  a mensagem nº 8.099, que acompanha o projeto de lei nº 07/17, dispõe sobre o valor da remuneração mínima dos servidores públicos ativos, inativos e pensionistas da administração direta, autárquica e fundacional.
A de nº 8.101, que acompanha o projeto de lei nº 09/17, promove a revisão geral da remuneração dos titulares de cargos comissionados e de funções de confiança.
A de nº 8.102, que acompanha o projeto de lei nº 10/17, promove a revisão geral da remuneração dos servidores públicos civis do Poder Executivo, autarquias e das fundações públicas estaduais, e dos militares estaduais.
mensagem nº 8.100, que acompanha projeto de lei nº 08/17, dispõe sobre a representação dos cargos de secretário de Estado, secretário Adjunto e secretário Executivo.
A  8.084, oriunda do projeto de lei complementar nº 01/17, altera dispositivos da Lei Complementar nº 70, de 10 de novembro de 2008 a fim de continuar fortalecendo e valorizando a instituição da Procuradoria Geral do Estado, por meio do Fundo de Modernização e Reaparelhamento da Procuradoria Geral do Estado (Funpece).
A de nº 8.085, que acompanha o projeto de lei nº 05/17, denomina Empresário Mauro Gonçalves Petri Feitosa ao viaduto da Avenida Maestro Lisboa (CE-025) localizado em Fortaleza.
mensagem nº 8.088, que acompanha projeto de lei nº 06/07, denomina Dona Yolanda Vidal Queiroz o conjunto habitacional destinado ao assentamento de famílias da Comunidade do Dendê em Fortaleza.
Do Poder Judiciário, foi lida a mensagem nº 001, que acompanha o projeto de lei nº 11/17,  de autoria do Poder Judiciário, concerne sobre a Organização Administrativa órgão.
Iniciaram tramitação ainda cinco projetos de iniciativa parlamentar. Destes, três são de lei e os demais de indicação.
  O deputado Carlos Matos (PSDB) é autor de três projetos de lei: o de nº 22/17 que dispõe sobre a criação do teto para o Sistema Prisional Cearense; o 23/17 que concede o Título de Cidadão Cearense a João Cândido Portinari; e o nº 24/17, que concede o Título de Cidadão Cearense a Carlos Ivan Simonsen Leal.
Já o deputado Leonardo Pinheiro (PP)  propõe, por meio do projeto de indicação nº 12/17, a inclusão dos Cordéis e da Poesia Popular, como livros paradidáticos obrigatórios no ensino médio nas escolas públicas do Estado do Ceará. O deputadoAgenor Neto (PMDB), autor do projeto de indicação nº 13/17, sugere a alteração e o acréscimo de dispositivos à Lei n.º 14.814/2010, que dispõe sobre a divulgação de informativos na recepção dos hospitais e postos de saúde da rede pública do Estado, informando o nome dos médicos de plantão e os horários de atendimento.
Após leitura no plenário, as matérias seguem para análise da Procuradoria da AL. Em seguida, para as comissões técnicas da Casa. Se aprovadas, serão encaminhadas para votação em plenário e depois para sanção ou veto do Governo estadual. No caso dos projeto de indicação, como se trata apenas de sugestão, cabe ao Governo, se acatar, enviar a proposta em forma de mensagem para apreciação da Casa. LS/AT

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics