terça-feira, 14 de março de 2017

Governador Camilo Santana realiza terceira conversa com internautas via Facebook


O governador Camilo Santana respondeu a perguntas de internautas ao vivo, nesta terça-feira (14), através da sua conta pessoal do Facebook. Nesta terceira edição do bate-papo pela Internet, prevaleceram os questionamentos sobre segurança, educação e segurança hídrica, e o chefe do Executivo reafirmou compromissos e citou medidas realizadas na gestão. O governador também citou a visita que fez às obras da barragem do rio Cocó, na manhã de hoje. Ele afirmou que a intervenção, projetada para conter o excedente de água nos períodos chuvosos e efetuar o controle de vazão para evitar alagamentos em áreas mais vulneráveis de Fortaleza, está prevista para ser inaugura em abril.


O primeiro internauta a ser ouvido foi Rogério Gomes, que disse que o Governo do Ceará deveria pensar mais na segurança e na educação. "Três áreas têm sido prioritárias no meu governo, que são segurança, saúde e educação. Hoje, se eu quisesse inaugurar uma nova escola toda semana, poderia. Temos obtido bons resultados com o programa Educação na Idade Certa, premiando alunos e professores. Ano passado, entreguei 15 mil notebooks. No resultado do Ideb, entre as 100 melhores escolas públicas do país, 77 são do Ceará. Isso é motivo de orgulho para nós. Na área do Ensino Médio, tivemos quase 13 mil alunos de escolas públicas que passaram no Enem em faculdades públicas e privadas. Ano passado implantamos a política de escola de tempo integral no Interior. Em cada região, tem uma Crede, em que o aluno faz as disciplinas básicas pela manhã e, pela tarde, ele escolhe as disciplinas complementares. Até 2018, 71 escolas de Ensino Médio vão funcionar em tempo integral", disse o governador.

Camilo Santana também falou sobre segurança. "Fui para a China para atrair investidores para o Ceará e lá me questionaram o quanto aqui era violento. Fiquei assustado, pois as coisas mudaram. Em 2015, dei promoções para policiais e bombeiros militares, integrei as forças de segurança, criando o Pacto por um Ceará Pacífico, pois é preciso a polícia ser ostensiva, mas é preciso também o trabalho de prevenção. Em 2015, depois de 17 anos, reduziu em 9,5% os índices de homicídios e, em 2016, reduziu em 15,5%. Trouxemos um novo secretário, André Costa, um cara jovem mas que tem 17 anos de polícia, e estamos trabalhando para manter o indicador em queda. Há a sensação de insegurança com assalto, furto e não vou sossegar até a gente entregar o Estado com índices melhores. Sei que precisamos de mais efetivo, equipamentos, e vamos trabalhar com mais inteligência. Posso garantir todo o nosso esforço", acrescentou.

Já o internauta Santos questionou sobre a instalação de novos Batalhões do Raio da Polícia Militar no interior. "Já implantamos o Raio em Juazeiro do Norte, Sobral, Russas, Quixadá, Iguatu, Itapipoca, Crateús e Tauá. Para finalizar, vamos instalar em Canindé para atender ao município e toda a região. A equipe de segurança pública está fazendo todo o trabalho e quero ampliar o efetivo do Raio no Interior, atendendo também Maranguape, Maracanaú, Limoeiro do Norte, Morada Nova, um conjunto de cidades que ainda estamos definindo, pulverizando a presença do Raio, que tem feito um trabalho extraordinário. Já estamos comprando novas motos, armamentos e em breve estarão em circulação", explicou Camilo Santana.

Élder Menezes perguntou sobre a convocação dos aprovados no concurso da terceira turma da Polícia Civil. "Quero informar que, em primeiro momento, está marcada para acontecer no dia 10 de abril. Claro que pode sofrer alguma mudança, mas essa é a previsão para fazermos esse grande evento, em que teremos mais 110 policiais civis, um aumento de cerca de 30% do nosso efetivo. Todos os concursados aprovados, fiquem atentos", informou.

Paulinha Silva falou da insegurança no município do Eusébio. "Estamos ampliando os serviços, vamos instalar em breve a delegacia 24 horas, ampliar o Raio na Região Metropolitana. Não tem milagre para resolver a questão da segurança. Convoquei todos os concursados que estavam esperando ser chamados no governo anterior, cerca de 2.300 homens. Fiz um novo concurso para 4.200 homens, dos quais chamei 1.400. Criamos o Tempo de Justiça, para que todos os crimes de homicídio sejam apurados e julgados em no máximo um ano e meio. É uma forma de dizer para a população que é para denunciar, pois o bandido vai ser preso e condenado", disse.

Eliane Oliveira comentou sobre a dificuldade de conseguir emprego em Maranguape. "Esse tem sido um momento difícil não só para o Ceará, mas toda a economia brasileira. Vivemos uma das piores recessões da última década e isso afeta diretamente a geração de empregos, o cidadão. A política do Estado de incentivos fiscais para as empresas visa à abertura de vagas de empregos. Também temos a prática de ceder nossa estrutura para esses fins. Um exemplo é a siderúrgica que está gerando cerca de 18 mil empregos diretos e indiretos exportando aço. O Estado cedeu toda a estrutura, terreno, rodovias, para que a empresa lá se instalasse. Vamos fazer uma Areninha em Maranguape, uma Praça Mais Infância, entre outros projetos, mas me coloco à disposição para qualquer projeto que possa gerar empregos", afirmou o governador.

O questionamento de Wanda Mesquita foi sobre o projeto de dessalinização no Estado. "Ontem lançamos um projeto para empresas que tiverem interesse em viabilizar um estudo de trabalho de dessalinização em Fortaleza ou Região Metropolitana. A empresa terá 120 dias para fazer todo o estudo, localização, custos, etc. Quando selecionarmos, faremos outra licitação para a empresa que vai construir a unidade. É claro que vai trazer maior segurança hídrica a médio e longo prazo. Esse é um esforço grande que estamos tendo para você não deixar de ter água em casa e evitar o racionamento", respondeu Camilo.

Leonardo Ferreira criticou a demora no atendimento do Hospital Regional do Sertão Central. "Reconheço a crítica. Mas o hospital não passa a funcionar de uma vez só. Reconheço que está atrasado o planejamento e tenho feito um esforço grande para garantir recursos do Ministério da Saúde. O ministro veio em janeiro e se comprometeu de vir em fevereiro para visitar o hospital. Nada melhor do que ver de perto as necessidades para que libere os recursos. Tem minha palavra que esse ano ele funcionará todo e plenamente para atender a população do Sertão Central", disse.

A questão da habitação foi o tema da pergunta de Adriana Benigna, que questionou sobre a entrega da unidade do Minha Casa, Minha Vida, em Juazeiro do Norte. "O secretário de Cidades esteve lá esse fim de semana, a construtora deu o prazo de entregar até o final do mês. Caso ela não conclua, eu me comprometo a concluir a obra. São mais de 700 famílias, tem sido uma prioridade nossa. Podem ter certeza que terão esse sonho realizado", concluiu.

No fim da transmissão, o governador afirmou que o bate-papo da próxima semana não será realizado na terça-feira (21), já que ele estará na Holanda para firmar a parceria com o Porto de Rotterdam. A nova data será informada através dos canais oficiais de comunicação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics