quarta-feira, 15 de março de 2017

Carlos Matos ressalta 30 anos da posse de Tasso Jereissati como governador

O deputado Carlos Matos (PSDB) fez, nesta quarta-feira (15/03), durante o primeiro expediente da sessão plenária, uma retrospectiva da atuação política do senador Tasso Jereissati (PSDB/CE), que há 30 anos tomou posse pela primeira vez como governador do Ceará. O parlamentar lembrou que o período ficou marcado pela denominação de Projeto das Mudanças. “Temos muito a celebrar neste dia”, defendeu o tucano.
De acordo com Carlos Matos, Tasso Jereissati herdou, na época, uma folha de pagamento atrasada em oito meses, pobreza em nível alarmante, ausência de estradas em metade dos municípios e 50% das crianças fora da escola. “E um jovem, aos 38 anos, assume o Ceará e faz mudança profunda, uma ruptura na forma de fazer política, e coloca os interesses do bem comum e do Estado acima de tudo”, relembrou. 
Carlos Matos disse que não há como fazer comparações do Ceará de 30 anos atrás com o atual, apesar de reconhecer grandes lideranças anteriores ao Governo Tasso, como o governador Virgílio Távora. “Mas a grande mudança se deu a partir desse projeto, que mudou a forma de fazer política, gerou impacto social como nunca antes - basta ver o crescimento do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) no Ceará”, afirmou.
Na área econômica, o deputado disse que Tasso foi responsável por promover a interiorização da indústria, com geração de empregos e preparação do Ceará para o futuro. “A grande infraestrutura que se tem hoje, quando se quer pensar no futuro do Ceará, foi construída nesse tempo”, avaliou.
O deputado ressaltou ainda a importância do Governo Tasso na estruturação hídrica do Estado. Como exemplo, citou a construção do maior açude do Estado, o Castanhão.
Em aparte, os deputados Walter Cavalcante (PP), Evandro Leitão (PDT), Danniel Oliveira (PMDB), Heitor Férrer (PSB) e Odilon Aguiar (PMB) avaliaram a relevância do trabalho de Tasso Jereissati para o Estado.
“Tasso está hoje no Senado, mas tenho certeza que o Ceará agradece a humildade e o zelo com que administrou o Estado”, afirmou Walter Cavalcante, ressaltando a luta de Tasso para construir açudes e adutoras.
O líder do Governo na Casa, deputado Evandro Leitão, comentou que Tasso quebrou paradigmas no Estado e adotou um novo modelo de gerir, administrar o erário, a coisa pública. “Eu sempre me espelhei na sua postura, suas colocações e, sobretudo, na maneira de fazer política. Ele é um exemplo, modelo de seriedade na política e de como tratar a política”, elogiou.
Já o deputado Danniel Oliveira lembrou que Tasso “chegou como a esperança de fazer mudanças no Ceará”, o que, na avaliação do parlamentar, concretizou-se durante a gestão dele.
O deputado Heitor Férrer disse que “gostemos ou não, a história julga as pessoas, e a figura de Tasso a história já julgou positivamente”. Para ele, o ex-governador foi um divisor de águas no Estado.
Para o deputado Odilon Aguiar, o Estado, “que estava cabisbaixo e desacreditado”, recebeu um novo ânimo com a chegada de Tasso ao Executivo estadual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics