quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

"Transnordestina é fundamental para o desenvolvimento da região e precisa ser retomada", diz Camilo Santana


O governador Camilo Santana participou nesta quarta-feira (8), no Palácio do Planalto, em Brasília, de reunião para discutir a retomada das obras da Ferrovia Transnordestina. Participaram do encontro os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Integração Nacional, Hélder Barbalho; os governadores de Pernambuco, Paulo Câmara, e do Piauí, Wellington Dias; representantes das bancadas dos três estados e o presidente da TLSA, Sérgio Leite.

Durante a audiência, ficou definido que os representantes dos estados nordestinos irão ao Tribunal de Contas da União (TCU) para buscar uma solução para o imbróglio - o repasse de recursos para a continuidade das obras foi suspenso pelo órgão. "A Transnordestina é fundamental não apenas para o desenvolvimento dos três estados diretamente envolvidos, mas para todo o Nordeste. É fundamental que as obras sejam retomadas o quanto antes. Por isso, essa pactuação entre os estados, as bancadas, a empresa e o Governo Federal é tão importante", afirmou Camilo Santana.  

O governador do Ceará citou avanços importantes do estado nos últimos anos, e que serão alavancados com a conclusão da Transnordestina. "Temos o Porto do Pecém, que é estratégico para o Estado, e estará ligado a Pernambuco e Piauí pela ferrovia. Teremos mais desenvolvimento, novas empresas e, consequentemente, mais emprego", disse o governador do Ceará, que participou da reunião acompanhado dos deputados federais Danilo Forte e Odorico Monteiro.

Histórico

A mobilização para a retomada das obras foi iniciada pelo governador Camilo Santana no fim do ano passado, após reunião em Fortaleza com o presidente da companhia, Sérgio Leite. Neste ano, os governadores do Ceará, Piauí e Pernambuco participaram de duas audiências com as bancadas para sensibilizar o Governo Federal para a importância do equipamento.

Transnordestina

A Transnordestina vai ligar os portos do Pecém (CE) e de Suape (PE) ao Piauí, no município de Eliseu Martins, um total de 1.753 km. Tem como objetivo potencializar o transporte de cargas no Nordeste.

No Ceará, a ferrovia terá aproximadamente 526 quilômetros de extensão, entre os municípios de Missão Velha e o Porto do Pecém, atravessando 28 municípios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics