terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Roberto Mesquita critica o Governo Camilo Santana

O deputado Roberto Mesquita (PSD) fez críticas à gestão do governador Camilo Santana em pronunciamento durante o primeiro expediente da sessão plenária desta terça-feira (14/02). Ele reclamou da forma como chefe do Executivo está governando e afirma que as decisões tomadas são incoerentes. “Sua boca e suas ações é um abraço aos tucanos”, afirmou.
Na avaliação do parlamentar, o gestor está enveredando para o lado tucano – símbolo do Partido da Social-Democracia Brasileira (PSDB). Como exemplo, Roberto Mesquita citou o convite para que o ex-governador Maia Júnior assumisse a Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag). O gestor fez parte dos governos Lúcio Alcântara e Tasso Jereissati. 
“O Maia Júnior era o homem que conduzia a política que esse grupo político que está no poder combateu. Ele foi buscar o Maia Júnior para que o Ceará fique, pelo menos, igual ao Governo Lúcio Alcântara”, comentou. 
Além disso, Roberto Mesquita criticou os recentes aumentos de impostos e a forma como são utilizados os recursos arrecadados com a repatriação. “Com uma economia em frangalhos como está, as empresas do Ceará se desmanchando, as famílias endividadas com esse aumento exagerado de tributos, o governador, que não sabe se é petista ou se é tucano, vem promover o maior desgaste que nós tivemos na nossa história recente na economia”, avaliou.
Em aparte, o deputado Odilon Aguiar (PMB) afirmou que os diversos problemas que o Estado atravessa sacrificam a população e mostram a inércia do atual governo. “Governador, está na hora de mostrar ao que veio, a sua marca e sua gestão”, defendeu.
Já o deputado Fernando Hugo (PP) ressaltou que, mesmo com as dificuldades, é preciso reconhecer o esforço do Governo para manter salários dos servidores em dia, além da construção de escolas. “Isso precisa ser dito e ser aplaudido”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics