quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

O aneurisma de Eduardo Cunha

O ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha afirmou ter um aneurisma cerebral semelhante ao da ex-primeira-dama Marisa Letícia, que morreu na semana passada. Em uma carta ao juiz Sérgio Moro, Cunha alegou que a prisão onde está, o Complexo Penal de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, não oferece condições adequadas para o tratamento. Ele prestou depoimento por mais de três horas. Ele está preso desde outubro, acusado de receber propina de contrato da Petrobras para exploração de petróleo no Benin, na África, e usar contas na Suíça para lavar o dinheiro. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics