quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Dr. Santana comemora resultado do nível de proficiência na educação do Ceará

O deputado Dr. Santana (PT) enalteceu, na sessão plenária da Assembleia Legislativa desta quarta-feira (15/02), as políticas adotadas na educação, nos últimos anos, no Ceará. Segundo o parlamentar, as medidas tomadas permitiram que o Estado alcançasse o nível de proficiência de 185,6. O desejável é superior a 150. “Hoje estamos festejando resultados excelentes na avaliação de nossa educação”, comemorou.
De acordo com Dr. Santana, em 2007, a cada 100 alunos do 2º ano do ensino fundamental do Estado, apenas 30 possuíam nível de alfabetização desejável. Segundo apontou, após 10 anos, o quadro é outro. De cada 100, 73,9 chegaram a esse nível. Isso representa um crescimento de 43,9 pontos percentuais no desempenho dos alunos, conforme pesquisa realizada pelo Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica Alfa (Spaece-Alfa). “Isso é o alicerce da formação dessas crianças e jovens”, disse, lembrando que o número de evasão escolar é cada vez menor.
Conforme o parlamentar, o Spaece-Alfa é fruto do Programa de Alfabetização na Idade Certa (Paic), que “nasceu” também na Assembleia. De acordo com Dr. Santana, à época, a Casa iniciou uma discussão sobre a qualidade do ensino no Estado. “O programa tem se mostrado tão eficiente que o governador Camilo Santana ampliou sua abrangência em 2015, e o resultado é esse: progressivo; de melhora a tal ponto que hoje somos referência no País”, afirmou.
Os investimentos no ensino fundamental, a valorização dos professores, o sistema de avaliação e o incentivo à leitura e escrita foram alguns dos fatores que contribuíram para um resultado exitoso na área, elencou o petista. Dr. Santana destacou ainda outra linha de ação - as escolas em tempo integral. Segundo  o parlamentar, atualmente, o Ceará conta com 25% das escolas em tempo integral, e a pretensão é que, até o final da atual gestão, o percentual chegue a 50%.
Dr. Santana também fez críticas à reforma da Previdência. “Ela não serve para o trabalhador. Só serve para o governo golpista, porque ela tira, na prática, os direito de aposentadoria de milhões de trabalhadores. E vai mudar a forma de reajuste do salário do aposentado, fazendo com que ele seja sempre abaixo da inflação”, avaliou.
LS/AT

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics