quinta-feira, 16 de junho de 2016

Rádio Liberdade AM de Iguatu, há 54 anos que é a " Rádio do Povo"

Há 54 anos iniciava os seus trabalhos na comunicação de Iguatu e Centro-Sul a Rádio Liberdade com o seu prefixo 870 AM. Inicialmente através do grupo Iracema que m Fortaleza determinou a instalação de três emissoras de rádio no interior do Ceará. Sobral, Juazeiro do Norte e Iguatu foram as cidades escolhidas.
A Terra da Telha passava a ter uma emissora de rádio comercial no dia 16 de junho de 1962, uma grande festa foi realizada na sede da atual Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Iguatu que fica próxima aos Correios.
Várias personalidades marcaram presença, Dom Mauro que tinha chegado ao município há poucos meses, lideranças políticas e comunitárias participaram deste momento.

Chico de Paulo em nosso programa A Voz do Centro Sul
O primeiro microfone utilizado pela emissora está guardado no museu da imagem e do som, um RCA, fabricado na Alemanha, o diretor do museu e amigo, Chico de Paula, nos concedeu uma entrevista ao vivo nesta quinta-feira, em nosso programa A Voz do Centro Sul e falou com detalhes desta data, “ foi uma grande festa na cidade, todos queriam conhecer as instalações da emissora que foi a primeira da região, todos que desejassem receber notícias, enviar recados e ouvir as músicas que embalavam a época, escutavam a Rádio Iracema que era um grupo muito forte na área da comunicação naquela época”, lembra o historiador.
Momento da inauguração há 54 anos 

E com o passar dos anos, algo foi sendo fortalecido em Iguatu e que continua até os dias de hoje, a emissora possui um elo muito forte com o povo, uma ligação que não é estremecida com o passar dos tempos, mesmo com a chegada de outras emissoras de rádio, mas a convicção de boa parcela da população em acompanhar as notícias através da antiga Rádio Iracema e Cidade, e atual Liberdade é algo que continua a acontecer, e com o advento da internet a emissora passa a ser um canal de comunicação para muitos iguatuenses e moradores de outras cidades que desejam ouvir e acompanhar o dia a dia da cidade e região.
"Vasco" foi o primeiro comunicador

Muitos comunicadores passaram pela emissora e marcaram seus nomes com o belo trabalho realizado e que teve como resultado a continuação da liderança por quase seis décadas.O primeiro locutor da emissora foi Francisco Assis de Vasconcelos (Vasco), depois muitos passaram e  o  J. Jaime, Assis Araújo, Laelson Teixeira “Sukita”, J. Alberto, Wilson Melo, Nonato Albuquerque, Rosário Daniel, Tércio Júnior, Alberto Brion, Marlene Teixeira, Maronildo Lima, estes é o que me vem na memória, mas a todos que não foram citados neste momento, me desculpem, e fica aqui o nosso obrigado.
Atualmente , através do apoio de DrºJosé Ilo Dantas, familiares e amigos a emissora continua a avançar no tempo e passa a priorizar o jornalismo, com aproximadamente dez horas de programação jornalística, a emissora percebe que pen drives, cds e celulares tocam música o tempo todo e passaram a ser o primeiro plano para muitas pessoas no momento e investe na comunicação, a informação é a busca atual de milhares de ouvintes que estão a sintonizar a emissora.

E com a equipe atual formada por Pinheirinho, Ozemar Rodrigues, Fernandes Neto, Jailton Amorim, Raul Rodrigues, Djacir Araújo, Roberto Santos, Edson Fernandes, Olinda e Jeová Barros, Vieirinha, Rildo Lacerda, Rubens Duarte, Zilfran Lima, Ana Lúcia, Sukita e com a direção de Marcelina Rodrigues, a Rádio Liberdade continua a escrever sua história, são poucas as emissoras que chegam a 54 anos e continuam com a credibilidade diante de uma população que escuta, acredita e respeita esse nome, essa marca, este grupo.
O que o futuro espera? A mudança para a frequência de FM, som limpo, estúdio com novas tecnologias, mas com a mesma característica que marcou e marcará a sua história nos próximos anos e décadas...definitivamente é a “Rádio do Povo”, algo que nenhuma emissora em Iguatu conseguiu ter e dificilmente conseguirá alcançar com tanto êxito esta característica.
Parabéns a todos e obrigado aos ouvintes por nos acompanhar nesta trajetória, um forte abraço do “Bandoleiro”, Alex Santana.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics