quarta-feira, 22 de junho de 2016

'Ou mudamos a Constituição, ou não resolvemos a dívida', diz Meirelles

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que o problema da despesa pública no Brasil é estrutural, por causa dos gastos obrigatórios definidos na Constituição de 1988 - casos de saúde e educação - e que demais despesas vêm a reboque. No entender do ministro, por isso é importante que a limitação dos gastos do governo seja feita por meio de emenda à Carta. "Ou mudamos a Constituição, ou não resolveremos a dívida da União", disse Meirelles, em entrevista à GloboNews na noite desta terça-feira. O ministro também classificou como importante a negociação das dívidas dos Estados, por eles também se comprometerem com limitação de suas despesas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics