quinta-feira, 9 de junho de 2016

Maranhão libera horas extras na Câmara: custo cresce R$ 1,8 milhão por sessão

O presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), publicou hoje uma norma interna da Câmara acabando com as restrições às horas extras de servidores do órgão. O custo estimado é de R$ 2,7 milhões por sessão noturna. Na prática, o texto revoga as restrições anteriores às horas extras dos funcionários da Câmara, criadas em setembro de 2015 pelo presidente afastado da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Segundo técnicos da 1ª Secretaria, uma espécie de “prefeitura” da Câmara, as restrições impostas por Cunha reduziram o custo com horas extras de cerca de R$ 2,7 milhões por sessão noturna para R$ 900 mil. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics