terça-feira, 14 de junho de 2016

Governo Temer adia para julho reforma da aposentadoria

Sem um consenso com as centrais sindicais, o governo federal prorrogará o funcionamento de grupo de trabalho para discutir a reforma previdenciária e estima que agora a proposta será enviada ao Congresso apenas em julho. A ideia inicial do presidente interino, Michel Temer (PMDB), era que um texto fosse enviado até o final deste mês para o Legislativo. Com dificuldades para chegar a um acordo sobre temas como idade mínima e igualdade entre homem e mulher, o grupo marcou uma nova reunião para o dia 23 de junho e o Planalto estima que uma proposta final deve ficar pronta somente no próximo mês. O principal ponto de divergência entre o governo e as centrais é a possibilidade de mudanças afetarem atuais contribuintes do sistema previdenciário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics