terça-feira, 21 de junho de 2016

Eduardo Cunha reclama de cerceamento de defesa desde que cassação foi aprovada

O presidente afastado da Câmara Eduardo Cunha disse que há um nítido cerceamento de defesa desde que o pedido de cassação do seu mandato foi aprovado. Em entrevista coletiva, Cunha afirmou que grande parte das denúncias feitas contra ele tem a ver com ações de corrupção na Petrobras em 2005 e 2006, período em que militou por candidatura própria do PMDB à presidência. Ele disse estar absolutamente convicto de não ter mentido na CPI da Petrobras. O peemedebista é investigado por corrupção e lavagem de dinheiro e é acusado de manter contas na Suíça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics