sexta-feira, 10 de junho de 2016

Comitê de ética da CBF começa errando...

O Comitê de Ética criado pela CBF não vai investigar as denúncias contra o presidente Marco Polo Del Nero. O novo grupo de trabalho alegou que serão apenas analisados casos que vieram à tona depois de sua criação. Denúncias feitas no passado não serão apuradas. Dessa forma, também não poderão ser julgados os ex-presidentes José Maria Marin e Ricardo Teixeira. Todos são acusados de receber propina por contratos da CBF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Web Statistics